O Psicanalista, sua formação e análise

Uma das exigências para a formação psicanalítica, é a análise do formando, método denominado: Análise didática.

O profissional Psicanalista deve manter sua análise por tempo indeterminado, pois esta ação revelou reverter em benefício ao seu cliente, pois a experiência do auto-conhecimento e tratamento de impasses emocionais resulta em maior crédito nas ações e desenvolvimento das habilidades, otimizando o tempo da aplicação psicanalítica.

Esta parceria é importante, pois, apesar do conhecimento aprofundado sobre a psicanálise e experiência profissional, apenas um observador técnico enquanto analisador, ou seja, um outro psicanalista por meio de uma ótica alheia é que conseguirá transpor e atenuar as barreiras inerentes ao auto - conhecimento como: repressão, resistência, transferência e deslocamento, devido a técnica utilizada. Assim, o auto-conhecimento na ausência de um psicanalista será impossibilitado, mesmo ao profissional habilidoso, resultando em auto-julgamento, idéia idealizada de si e não em conhecimento real contínuo e aprofundado que é imprescindível ao prestador de serviços.

11 3835-2003

O Psicanalista, sua formação e análise - Agende agora sua avaliação por telefone, e comece seu tratamento.

Unidade I - Rua Marapuama, 64 – Lapa - São Paulo

Unidade II - Rua Guaipa, 51 – Lapa - São Paulo

Contato

Preencha o formulario.


Sites Parceiros: